O Centro de Pós-Graduação e Pesquisas em Administração - CEPEAD - está vinculado ao Departamento de Ciências Administrativas da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais.

O Curso de Mestrado em Administração Stricto Sensu, implantado em 1972, atende a variadas demandas e está consolidado na formação de professores para diversas faculdades de administração do País e do Estado de Minas Gerais, além de formar profissionais que atuam na administração pública e privada. Até dezembro de 2005, titulou 412 mestres em Administração.

Na esfera Lato Sensu, em 1993, foi criado o Curso de Especialização em Gestão Estratégica, contemplando quatro áreas de concentração: Finanças, Gestão de Negócios, Gestão de Pessoas e Marketing, tendo, em média, 30 vagas por área. A criação de cursos com esse perfil, mais voltado à formação de especialistas para atuação direta nos espaços organizacionais, permitiu o surgimento de programas denominados in company. Assim sendo, foram desenvolvidos os cursos: Capacitação de Altos Executivos, oferecido para o Banco do Brasil (1995 e 1997); Desenvolvimento Empresarial, oferecido para a Companhia Energética de Minas Gerais - CEMIG - e para a USIMINAS (1997 a 2001). Esses cursos atendem as necessidades de qualificação dessas empresas. Soma-se a esse leque o desenvolvimento do Curso de Especialização em Gestão Universitária e Gestão em Fundações, em 1998, que proporcionou a formação de gestores dentro e fora da Universidade Federal de Minas Gerais.

Em 1994, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da UFMG aprovou o Curso de Doutorado em Administração. O Curso já contou com onze turmas, somando 58 alunos dos quais 36 já fizeram suas Defesas Públicas de Tese.

Em 1997, foi criado o Curso de Mestrado Interinstitucional em Convênio com a Universidade Estadual de Montes Claros - UNIMONTES -, através de financiamento da CAPES e da FAPEMIG, para uma turma de 16 alunos que iniciaram o Curso em Março/98. Em 2000, todos os mestrandos do curso CEPEAD/UNIMONTES defenderam suas dissertações. Em 1999, foi criado o Curso de Mestrado Interinstitucional em Convênio com a Universidade de Vila Velha - UVV -, também com financiamento da CAPES, e ingresso de 21 alunos nesse Convênio, do total, 20 alunos defenderam suas dissertações em 2000, somente um não concluiu o Curso.

Em 2002, foi criado o Curso de Mestrado Interinstitucional em Convênio com a Sociedade Amazonense de Educação e Cultura - SAMEC-CIESA, com ingresso de 18 alunos.

No âmbito da pesquisa, o CEPEAD conta com 13 áreas de atuação: Desempenho e Estratégias Financeiras de Empresas; Mercados de Capitais e Derivativos; Contabilidade Gerencial; Finanças Públicas; Empreendedorismo em Finanças; Comunicação Mercadológica e Comportamento do Consumidor; Novas Tecnologias Gerenciais; Estratégias Competitivas, Cultura Gerencial Nacional e Internacional; Política e Gestão em Ciência e Tecnologia; Operações, Produção e Logística Empresarial; Relações de Poder e de Trabalho; Comportamento Humano nas Organizações; Mudança e Desenvolvimento Organizacional, sendo que o número de pesquisadores com projetos apoiados pelas instâncias de fomento é elevado. O apoio do CNPq, na esfera federal, e da FAPEMIG, dentro do entorno estadual, tem sido decisivo na consolidação e fortalecimentos das linhas de pesquisa em andamento. Como atividades de extensão, podem-se destacar as diversas iniciativas envolvendo assessoramento e consultoria para organizações públicas e privadas, localizadas nas diferentes regiões do país.

O CEPEAD conta com um grupo de professores doutores em regime de dedicação exclusiva com larga experiência. Sua média de produção científica tem-se mostrado significativa. É importante destacar ainda sua participação em congressos internacionais e nacionais, conferências, mesas redondas e outros eventos do gênero, caracterizando sua inserção e visibilidade em temas ligados à administração.

No âmbito discente, o expressivo número de bolsistas de graduação (Iniciação Científica, Programas PET e PAD) e as Monitorias de Pós-Graduação vêm se juntar ao volume acentuado de trabalhos científicos apresentados em congressos científicos.

Vale ressaltar que a Monitoria de Pós-Graduação e o Estágio Docente têm permitido envolver os alunos do Mestrado e Doutorado com as atividades dos professores na graduação de maneira mais efetiva. Isso é feito, por exemplo, pela transferência dos resultados das pesquisas e atividades científicas para as disciplinas ministradas na Graduação.

A excelência do CEPEAD e do Departamento de Ciências Administrativas da UFMG pode ser evidenciada pelo fato de muitos de seus ex-alunos estarem atuando em diversas entidades de pesquisa reconhecidas ou ocupando posições-chave em entidades públicas e privadas no cenário nacional.

Além disso, ao longo dos anos, vem-se formando um número significativo de professores qualificados que disseminam os conhecimentos adquiridos nos diversos projetos em que atuam.